Artes visuais

Universidade de Pelotas recebe catálogo referência sobre obra de Portinari

Em reunião com o reitor Pedro Hallal, secretário especial da Cultura, Henrique Pires, reforçou o compromisso do Ministério da Cidadania com a reforma do Grande Hotel, tombado pelo Iphan como patrimônio nacional

publicado: 15/05/2019 10h57,
última modificação: 15/05/2019 14h04
Secretário Henrique Pires (esquerda) entregou ao reitor da 
Universidade Federal de Pelotas, Pedro Hallal (direita)
o catálogo “Raisonné”, de Candido Portinari (Foto: Ronaldo Caldas/Ministério da Cidadania)

Um exemplar do Catálogo “Raisonné”, de Candido Portinari, foi doado ao Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo, vinculado ao Centro de Artes da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). A doação foi feita pelo secretário especial da Cultura do Ministério da Cidadania, Henrique Pires, diretamente ao reitor da universidade, Pedro Hallal, nesta terça-feira (14), em Brasília.

Lançado por João Cândido Portinari, filho do consagrado pintor, o catálogo, produzido com apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, representa a mais completa referência sobre a obra do artista, com imagens, cartas e milhares de documentos. Resultado de um trabalho de 25 anos, o catálogo reúne 4.991 obras autênticas e mais de 30 mil documentos em cinco volumes impressos, além de um CD-ROM com todos os índices, matérias de apoio à leitura e estudo, textos avulsos e a possibilidade de o usuário fazer pesquisas por tema, data e título.

Patrimônio

No encontro com o reitor da universidade, Henrique Pires reforçou o compromisso do Ministério da Cidadania, por meio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), com a reforma do Grande Hotel, doado à UFPel em 2011. Tombado em âmbito municipal desde 1986, o local também é tombado nacionalmente pelo Iphan, integrando os bens que compõem o Conjunto Histórico de Pelotas.

Um dos cartões postais da cidade, o prédio conta com porão, andar térreo, três pavimentos superiores e um pequeno terraço, totalizando 4.300 m². No local, funciona o curso de Hotelaria da universidade. A partir da reforma com recursos federais, o antigo hotel deverá ser transformado em um hotel-escola. O investimento ainda irá potencializar o turismo no município e entorno, fomentando a economia criativa e o desenvolvimento social da região.

Assessoria de Comunicação
Secretaria Especial da Cultura
Ministério da Cidadania